10.17.2008

15/10/2008 Homenagem ao Dia do Professor

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o Dia do Professor é comemorado no dia 15 de outubro. Mas poucos sabem como e quando surgiu este costume no Brasil.No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D'Ávila), D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, "todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras". Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida.Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor.Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como "Caetaninho". O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa - e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano. Hoje, Senhor Presidente, nos deparamos com fatos contraditórios os quais pregam nossos professores. Vemos exemplos diários, na mídia, em que professores sofrem agressões de alunos, gangues. Alguns até pagam com sua vida, como foi o registro de um caso ocorrido aqui em Brasília. Alunos intimidam professores nas escolas públicas, adentrando as escolas com armas dos mais variados tipos. Precisamos, aqui no Congresso Nacional, criarmos leis para coibir essas ações. O Professor é tão vítima quanto o aluno!Queremos parabenizar, Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, todos os professores do nosso Brasil e em especial, do nosso Estado de São Paulo. Nossos cumprimentos aos associados da querida e conceituada Associação dos Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo - APAMPESP, à Presidenta Professora Zilda Halben Guerra, 1.º vice-Presidenta Profa. Wally Ferreira Luhmann de Jesuz e a todos componentes da Diretoria daquela honrada entidade. Nosso abraço especial também, à amiga, companheira e sempre atuante professora Dalva Freitas Soares, de Ribeirão Preto e também à Professora Hilda Rodrigues do Tanque, da Cidade de São Vicente. Essas professoras foram incansáveis em sua luta pela melhoria da qualidade de vida do professor do magistério público quando, em votação nesta Casa e no Senado Federal, o Piso Nacional para professores do ensino médio, Projeto de Lei do Senado n.º 59 de 2005. Na Comissão de Constituição e Justiça, apresentamos emenda que criou polêmica no colegiado, cuja maioria era governista e foi orientada para rejeitar a emenda. Mas Senhor Presidente, a justiça prevaleceu e vencemos! Parabéns Professores! foi sua a nossa vitória. E como justificativa do Governo, as despesas com os aposentados não estavam previstas no orçamento e os deputados teriam que indicar a fonte de receita para garanti-las.Parabéns Professor Aposentado!Parabéns professor do ensino primário, médio e superior!Parabéns a todos vocês que educam este País!!Parabéns APAMPESP e, permita-nos, retransmitir a mensagem do MESTRE!

Mestre,

É aquele que caminha com o tempo,propondo paz, fazendo comunhão,despertando sabedoria.Mestre é aquele que estende a mão,inicia o diálogo e encaminhapara a aventura da vida.Não é o que ensina fórmulas, regras,raciocínios, mas o que questionae desperta para a realidade.Não é aquele que dá de seu saber,mas aquele que faz germinaro saber do discípulo.A você, caro professor aposentado,que compreende, estimula,comunica e enriquece a nossa Entidade com sua garra, seu saber e sua ternura, nossas congratulações.Aos eternos mestres na escola da vida, um FELIZ DIA DO PROFESSOR!

Postar um comentário