12.04.2008

04/12/2008 Boletim da Frente - Fim do Fator em discussão Ministro e centrais negociam

Fim do Fator em discussão Ministro e centrais negociam alternativa aos projetos de lei que aumentam valores de aposentadoria - Luciene Braga


Brasília - Senadores e representantes de aposentados viraram mais uma noite na terceira vigília no Senado, em defesa da aprovação dos projetos de lei que propõem recomposição dos benefícios em salários mínimos, reajuste único e fim do fator previdenciária. O senador Paulo Paim (PT-RS), autor dos três projetos de lei, anunciou durante a vigília que o deputado Pepe Vargas (PT-RS), relator do projeto de lei do Senado (PLS 296/03) na Comissão de Finanhças e Tributação (CFT) da Câmara, vai defender o fim do fator. O assunto será tema de reunião hoje, entre o ministro da Previdência, José Pimentel, e líderes das centrais sindicais. O governo pode fazer uma proposta alternativa aos projetos de lei de Paim — que pode ser reajuste intermediário para os aposentados e pensionistas do INSS que ganham até três mínimos — em troca do fim do fator, que reduz o rendimento dos trabalhadores na concessão do benefício. Participaram da vigília representações de aposentados de todo o País: Confederação dos Aposentados do Brasil (COBAP), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical e Nova Central. Além deles, os senadores Rosalba Ciarlini (DEM-RN), Garibaldi Alves Fioho (PMDB-RN), Mário Couto (PSDB-PA), Paim, Papaléo Paes (PSDB-AP), Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC), Romeu Tuma (PTB-SP), Valter Pereira (PMDB-MS), Cristovam Buarque (PDT-DF), Mão Santa (PMDB-PI), José Nery (PSOL-PA), Sérgio Zambiasi (PTB-RS), Jefferson Praia (PDT-AM), Raimundo Colombo (DEM-SC), Wellington Salgado (PMDB-MG) e Pedro Simon (PMDB-RS). No início, a sessão de protesto foi presidida pelo senador Garibaldi Alves Filho. Paim entregou simbolicamente aos deputados presentes — Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), Cléber Verde (PRB-MA) e Jurandy Loureiro (PSC-ES) — o texto das proposições que aguardam análise da Câmara.

Postar um comentário