12.17.2008

17/12/2008 RGPS: Arrecadação de novembro chega a R$ 13,559 bilhões

RGPS: Arrecadação de novembro chega a R$ 13,559 bilhões

Extraído da página da Previdência Social


Ano deverá fechar com a maior queda da necessidade de financiamento desde 1995 16/12/2008 - 15:16:00


Da Redação (Brasília) – A Previdência Social registrou, em novembro, arrecadação de R$ 13,559 bilhões, recorde na série histórica. O valor é 7,5% maior que o verificado em novembro de 2007. Com isso, o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) contabilizou no mês passado uma necessidade de financiamento de R$ 4,224 bilhões. Ainda assim, a expectativa é fechar o ano com a maior queda da necessidade de financiamento desde 1995. O valor será de aproximadamente R$ 36,5 bilhões, o equivalente a 1,27% do PIB, informou nesta terça-feira (16), o secretário de Políticas de Previdência Social, Helmut Schwarzer. A queda, segundo o secretário, pode ser atribuída a dois fenômenos. O primeiro é a boa gestão dos benefícios previdenciários, principalmente aqueles ligados à saúde do trabalhador, como auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. O outro, é o bom comportamento do mercado de trabalho, que, mesmo com a crise financeira internacional, apontou a criação de 60 mil novos empregos formais no mês de outubro, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. A estimativa que consta do Orçamento da União é a de que a Previdência registrasse este ano déficit de R$ 44 bilhões. Em 2007, foram necessários R$ 44,8 bilhões, ou 1,75% do PIB, para equilibrar as contas entre a arrecadação e a despesa previdenciária. A necessidade de financiamento em novembro foi 53,9% maior que a do mesmo mês em 2007, pois contém o impacto do pagamento da segunda parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ganham até um salário mínimo. As despesas somaram, em novembro, R$ 17,783 bilhões, um saldo 15,8% superior ao registrado no mesmo mês de 2007, quando não havia efeito da antecipação do 13º. Acumulado - De janeiro a novembro, o déficit da Previdência soma R$ 38,812 bilhões o que significa queda de 13,2% ante o resultado do mesmo período de 2007. As despesas acumuladas somam R$ 182,468 bilhões, 3,5% mais que o acumulado no mesmo período do ano passado, enquanto a arrecadação totaliza R$ 143,656 bilhões, 9,2% acima que o acumulado de janeiro a novembro de 2007. No acumulado dos onze primeiros meses do ano, a arrecadação da Previdência Social chegou a R$ 143 bilhões, um aumento de 9,2% em relação ao mesmo período de 2007, quando a receita foi de R$ 131 bilhões. Já a despesa somou R$ 182 bilhões, valor 3,5% maior do que o registrado no mesmo período de 2007, de R$ 176 bilhões. A necessidade de financiamento, desde o início de 2008, chegou a R$ 38,8 bilhões, uma queda de 13,2% em relação ao valor necessário nos onze primeiros meses do ano de 2007, de R$ 44,7 bilhões.

Informações para a Imprensa Simone Telles (61) 3317-5113ACS/MPS

Postar um comentário