4.22.2009

22/04/2009 Arnaldo Faria de Sá emissão NÃO AUTORIZADA

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, só queria deixar registrado que no final de 2007 fiz uma viagem aos Estados Unidos, depois de ter participado de uma intervenção cirúrgica cardiológica, porque tinha uma filha em estado de gravidez de risco. Precisava ir lá, era recesso: fui eu, minha mãe e minha esposa. Apenas essa viagem que eu fiz aos Estados Unidos durante todos os meus seis mandatos. Lamento que o Ministério Público Federal tenha feito o levantamento e não tenha procurado esclarecimentos, intimado até o Deputado, para dizer sobre outras viagens que apareciam na minha cota. Eu teria esclarecido totalmente: nenhuma das outras 43 viagens que aparecem no meu nome foi por mim feita nem autorizada. Lamento que o Ministério Público, ao invés de intimar e procurar esclarecer, vazou a notícia para o site Congresso em Foco no sentido de denegrir toda a Casa. Eu estou à disposição do site Congresso em Foco e do Ministério Público Federal para provar que nenhuma das 43 passagens foi autorizada por mim e nem feita por mim. Eu comprei algumas passagens de agente deviagem e o agente de viagem repassou essa passagem para outras pessoas. O Ministério Público sabe disso, agiu de má-fé e deslealmente com esta Casa. É este o registro que eu queria fazer, Sr. Presidente. Obrigado.

Postar um comentário