11.05.2009

04/11/2009 Indignação de Arnaldo Faria de Sá

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Sr. Presidente, peço a palavra pela ordem.

O SR. PRESIDENTE (Inocêncio Oliveira) - Para uma breve intervenção, concedo a palavra ao ilustre Deputado Arnaldo Faria de Sá.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, primeiro, quero fazer um registro importante. Se hoje essas galerias estão cheias, todos podem ter opinião e sentir o que acontece, V.Exa. é o responsável, porque, quando Presidente, mandou retirar os vidros que impediam a proximidade da galeria com esta Casa. Parabéns, Deputado Inocêncio Oliveira, por esse ato! Segundo, quero registrar algo que me deixa indignado. Já ouvi, Sr. Presidente, conversas aqui e ali. A conversa que ouço é que o Relator vai pedir prazo. Para quê? Para não votar a medida provisória ou, então, que algum requerimento será apresentado para retirada da medida provisória. Para quê? Para que ela não possa ser votada. E, em não sendo votada, continuará travando a pauta. Travar a pauta para quê? Para não votar o PL 1, que interessa a aposentados e pensionistas. É essa a denúncia que temos de fazer: não querem votar aquilo que interessa aos aposentados e pensionistas. Obrigado, Presidente Inocêncio.
Postar um comentário