11.12.2009

10/11/2009 Arnaldo Cobra Vergonha do Congresso

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, na verdade a inviabilidade de votação demonstrada na tarde e na noite de hoje foi uma resposta para o que aconteceu na semana passada com os aposentados. Eles esperam que insistamos e persistamos nessa posição e que busquemos uma forma de negociar para garantir uma data de votação para o PL 01/07, e também garantir a votação do projeto do fim do fator previdenciário, que está na Comissão de Constituição e Justiça — a recuperação das perdas, que também está na Comissão de Constituição e Justiça — para que aí, sim, busquemos um grande entendimento em favor de todos os aposentados. Os aposentados estão todos em dificuldades financeiras, estão todos pendurados no maldito empréstimo consignado. Todos eles esperam ansiosamente uma resposta desta Casa. A resposta desta Casa pode ser dada. Não precisa ser agora, não, mas vamos estabelecer um acordo. Vamos votar essa medida provisória, votar os projetos do pré-sal e depois votar o reajuste dos proventos dos aposentados, o que sem dúvida nenhuma é o grande sonho e a grande expectativa de todos eles. Estamos acompanhando. Esperamos que tenhamos vergonha e decidamos.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Está encerrada a votação.
O SR. JOFRAN FREJAT (PR-DF. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - O PR em obstrução, Sr. Presidente.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - O PTB em obstrução.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Encerrada a votação. Sim, 2; não, 217; abstenção, 2. Total: 221 votos. Rejeitado o Requerimento.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - PTB em obstrução.
O SR. ONYX LORENZONI (DEM-RS. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - O requerimento não foi votado, Sr. Presidente. O requerimento não foi votado.
O SR. FERNANDO CORUJA (PPS-SC. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, o requerimento não foi votado.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, o PTB está em obstrução. O PTB está em obstrução. Faça o favor de registrar.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Pois não.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Sr. Presidente, o PTB está em obstrução. Por favor, não está registrado.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Está lá. Está registrado a sua fala.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Obrigado.
Postar um comentário