3.03.2010

02/03/2010 Em 1º turno, Câmara aprova piso para bombeiros e policiais

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, em primeiro turno, proposta de emenda à Constituição (PEC) do Senado, com 393 votos e 2 abstenções, que define um piso salarial de R$ 3,5 mil para policiais e bombeiros. O valor deverá ficar em vigor até a instituição do piso por lei federal. Os deputados precisam ainda votar os destaques apresentados ao texto, mas isso ocorrerá a partir de amanhã.
De acordo com a proposta, caberá à União a complementação dos valores aos Estados. A implementação do novo piso deverá ser gradual, seguindo a prioridade estabelecida pelo Executivo. De qualquer forma, o novo valor deverá ser pago em até 180 dias. A proposta chegou a prever que o piso seguisse os valores pagos aos policiais do Distrito Federal, onde a remuneração média para 1º soldado é de R$ 4.129,73. Após o anúncio da aprovação, policiais e bombeiros, que estavam nas galerias do Plenário, comemoraram a decisão.
Manifestação
Ao longo do dia, manifestações de policiais favoráveis à proposta prejudicaram o trânsito na Esplanada dos Ministérios. Os manifestantes também lotaram a galeria do Plenário da Câmara.
Durante a discussão da matéria, o deputado Paulo Delgado (PT-MG), falou sobre a situação: “Nós podemos votar o que nós quisermos, mas não podemos votar sitiados”, disse, afirmando a dificuldade de circulação dos parlamentares. O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), pediu que qualquer interrupção no trânsito fosse encerrada. “A tarefa dos senhores é defender a ordem pública, não o contrário.”
Fonte: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4298233-EI7896,00-em+turno+Camara+aprova+piso+para+bombeiros+e+policiais.html
Postar um comentário