3.29.2010

29/03/2010 - Sessão Ordinária da Câmara dos Deputados

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, cumprimento V.Exa., Deputado Cleber Verde, que hoje, pela manhã, junto com a nossa co-autoria, promoveu reunião de protesto dos aposentados. Vários aposentados, de vários Estados do País — 17 Estados — estavam aqui presentes, mostrando a sua indignação com o que está acontecendo. Além de querermos a votação do fator previdenciário, recuperação das perdas, as 2 medidas provisórias que tratam do aumento do salário mínimo e aumento dos aposentados,queremos também votar a PEC nº 270, que permite que a aposentadoria por invalidez tenha tratamento diferenciado do que está tendo, quando hoje, em razão da emenda constitucional, perderam a paridade e a integralidade. Temos que recuperar isso, e podemos recuperar, através da PEC nº 270. Portanto, é a grande oportunidade que esta Casa tem em dar a volta por cima e deixar de tratar os aposentados e pensionistas com descaso e com pouca atenção. Todo Deputado tem um pai e uma mãe. Por isso, deve pensar bem na hora de votar. A não ser que seja filho de chocadeira, porque, nesse caso, não adianta nem pensar no aposentado e na pensionista. Temos certeza, Sr. Presidente, que esse trabalho é extremamente importante, mediante a pressão que a COBAP faz, através de uma lei da própria COBAP que esteve presente aqui. Porque as Centrais Sindicais não representam os aposentados. A COBAP está esperando, agora à tarde, uma audiência que eu e o Deputado Cleber Verde deveremos intermediar junto ao Presidente Michel Temer para levar as reivindicações de aposentados e pensionistas. Eles que fizeram o passado e que ainda têm muito futuro pela frente, esperam ser reconhecidos por esta Casa. Esta Casa, no presente, é a responsável por reconhecer os erros do passado e projetar uma vida digna e decente para todos os aposentados e pensionistas que não querem muito. Querem, simplesmente, a manutenção do seu benefício, mantida a correção.  Obrigado, presidente Cleber Verde e, mais uma vez, parabéns.
Postar um comentário