4.07.2010

06/04/2010 Arnaldo quer votar PEC 300, chega de enrolação!!!

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Sr. Presidente, quero fazer um breve registro.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Tem a palavra V.Exa. Depois, vou dar a palavra à Deputada Alice Portugal.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, mais uma vez, quero reclamar da não inclusão na pauta da votação da PEC nº300 e lamentar as histórias que estamos ouvindo de que o Governo está querendo fazer o acordo de votar a PEC nº 300 sem o piso. Votarmos a PEC sem o piso, é se votar nada. É melhor não se votar. Queremos votar garantindo o piso, porque já há redução da proposta original da Comissão Especial, já há a desvinculação com Brasília, que era a proposta feita inicialmente. Queremos, portanto, votar a PEC nº 300 como está. O PT, que apresentou os destaques, que assuma a sua parcela de responsabilidade. Queremos votá-la em primeiro e segundo turnos. O Senado que tome uma solução depois, já que a PEC nº 446 faz parte da PEC nº 300. A partir daí, poderemos ter um entendimento lá no Senado. Aqui na Câmara queremos votar a PEC nº 300, cuja votação já foi iniciada, e, logo em seguida, a PEC nº 308, que trata da questão dos agentes penitenciários. Essas duas propostas podem garantir uma melhoria para a segurança pública em todo o País. Queremos votar a PEC nº 300, sem história, sem conversa, sem enganação e sem enrolação! Obrigado, Sr. Presidente.
Postar um comentário