5.26.2010

25/05/2010 Arnaldo Cobra Votação da PEC 270

O SR. PRESIDENTE (Antonio Carlos Magalhães Neto) - Para uma comunicação, concedo a palavra ao Deputado Arnaldo Faria de Sá.


O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, quero rejeitar as informações do Ministro da Fazenda e do Ministro do Planejamento de que a Previdência vai quebrar se for aprovado o aumento de 7,72% para os aposentados e também o fim do fator previdenciário. As 2 matérias representam o aumento de 7,72%, 600 milhões/ano, e o fim do fator. Fui o Relator da matéria na Comissão de Constituição e Justiça. Isso representa 1 bilhão por ano e um redutor de cerca de 30% a 40% para os aposentados e pensionistas, e para as mulheres representa uma perda de 50%. Reclamo também para que seja pautada a PEC nº 270/08, que dá integralidade e paridade aos aposentados por invalidez, que são muito prejudicados. Obrigado, Sr. Presidente.
Postar um comentário