8.04.2010

04/08/2010 Discurso de Arnaldo Faria de Sá

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, quero registrar a visita que fiz à Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo, ao Dr. Antonio Luiz Ribeiro Machado, a toda a sua diretoria, em razão de termos votado na Comissão Especial o relatório substitutivo da PEC nº555. Cumprimento a cidade de São Caetano do Sul pelo seu aniversário, em nome do Prefeito Auricchio, do Presidente da Câmara, Gerson Sartori, e de todos os demais vereadores. Estivemos presentes nessa sessão solene extremamente importante. Estamos aqui, Sr. Presidente, para cobrar o pagamento integral dos aposentados e pensionistas e também para derrubar esse maldito fator previdenciário. Estamos denunciando que hoje há uma articulação para não ser votada a PEC nº300, em segundo turno, e a PEC nº308, em primeiro turno. Lamento que haja essa orientação de não se registrar a presença. Quero denunciar isso que está acontecendo, a fim de que todos venham ao plenário registrar sua presença, votar o segundo turno da PEC nº300, o piso nacional de salário das polícias, e, em seguida, votar o primeiro turno da PEC nº308, que cria a Polícia Penal. Lamento que haja essa orientação, no sentido de impedir que essas matérias sejam votadas. Inclusive, está sendo impedido o acesso às galerias dos representantes da Polícia Penal, dos agentes prisionais, dos policiais militares de vários Estados que acorreram para cá. Não temos culpa se houve má vontade ontem da Liderança do Governo em votar essa matéria. Queremos votar essa matéria o mais rapidamente possível. Queremos definir essa questão e denunciar que há uma articulação para impedir a votação da PEC nº300 e da PEC nº308, da qual não podemos concordar. Convoco e conclamo todos os companheiros que vieram para esse esforço concentrado que acorram ao plenário, a fim de nos livrarmos logo da Medida Provisória nº487,para que possamos votar a PEC nº300. Já há acordo para se votar. Não entendo o porquê da posição da Liderança do Governo em obstruir a votação. A intenção era votar a Medida Provisória nº487, e háa possibilidade de ela ser votada, mas queremos votar a PEC nº300 e a PEC nº308.
Postar um comentário