8.17.2010

17/08/2010 Arnaldo Faria de Sá cobra Votação PL Fim do Fator Previdenciário e das PEC 300, 270 e 308

O SR. PRESIDENTE (Mauro Benevides) - Para uma intervenção de urgência, concedo a palavra ao nobre Deputado Arnaldo Faria de Sá.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Sem revisão do orador) - Sr. Presidente, nobre Deputado Mauro Benevides, nós que estamos caminhando, dia a dia, na campanha eleitoral, temos recebido muitas reclamações a respeito do veto do Presidente Lula ao fim do fator previdenciário. A grande cobrança é em relação a quando será colocado em pauta o Projeto de Lei nº3.299, que trata da mesma matéria do fim do fator previdenciário. A reclamação é muito grande, e temos de encontrar uma saída. Depois de trabalhar 30 ou 35 anos, a pessoa ainda perde cerca de 40% da sua aposentadoria com esse maldito fator previdenciário. Para as mulheres, o prejuízo chega a 50%. Conclamo esta Casa, neste esforço concentrado, além de votar a PEC nº300, Piso Nacional de Salários das Polícias e a PEC nº308, da Polícia Penal, a também votar a PEC nº270, aposentadoria por invalidez, e o Projeto de Lei nº 3.299, que acaba com esse maldito fator previdenciário. Muito obrigado, Sr. Presidente. Durante o discurso do Sr. Arnaldo Faria de Sá, o Sr. Mauro Benevides, § 2º do art. 18 do Regimento Interno, deixa a cadeira da presidência, que é ocupada pelo Sr. Marcelo Ortiz, 1º Suplente de Secretário.
Postar um comentário