11.17.2010

16/11/2010 Clipping do PTB

Fio de esperança foi declarado durante uma entrevista a sindicato de agentes penitenciários de São Paulo.

Para quem tem fé em abundância, as PECs 300 e 308 – que, respectivamente, criam um piso salarial para policiais e implantam a Polícia Penal no Brasil – ainda serão votadas pela Câmara Federal brasileira. A informação é do deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), em entrevista à assessoria de comunicação do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo (Sindasp).
De acordo com o sindicato, o parlamentar ‘garantiu’ nessa sexta-feira (12) que as propostas não serão engavetadas, como pensam os mais pessimistas [ou realistas?].
O deputado, que é relator da PEC 308, disse que manteve contato com o presidente da Câmara, Michel Temer, que por sua vez teria corroborado com a idéia de dar prosseguimento às PECs.
- Cobrei pessoalmente e publicamente o presidente Michel Temer [da Câmara] sobre essainformação, de que as PECs seriam engavetadas, e ele me disse que não existe essa possibilidade e que ele faz questão, ainda enquanto presidente da Câmara, de presidir a votação dessas matérias –, declarou Faria de Sá, à assessoria do Sindasp.
Realismo ou conto de fadas, a informação pode nos levar pelo menos a uma conclusão: a de que, apesar de tudo, ainda existe sindicato ‘na cola’ de deputados, em busca de notícias de interesse da categoria.
Postar um comentário