11.18.2010

17/11/2010 Arnaldo Faria de Sá lamenta pelos Ferroviários Aposentados

PRESENTES OS SEGUINTES SRS. DEPUTADOS:

O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Item único da pauta:
Medida Provisória nº 496,,, de 2010
(Do Poder Executivo)
Continuação da votação, em turno único, da Medida Provisória n°496, de 2010.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - O destaque para votação do inciso III do art. 13 da Emenda nº 39 já foi defendido pelo Deputado Jaime Martins.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Os Srs. Deputados que forem pela aprovação da emenda permaneçam como se encontram. (Pausa.) A EMENDA FOI REJEITADA.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Quero lamentar em nome dos ferroviários aposentados, Sr. Presidente.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - O Deputado José Airton Cirilo quer fazer um rápido registro. Será o último orador e, depois, encerraremos a sessão.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Por favor, Sr. Presidente.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Pois não.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, peço a palavra para fazer um registro. Queria cumprimentar o Sargento Marco Antônio Lopes, que, tendo sido acusado injustamente, foi hoje absolvido pelo júri em São Paulo, por 7 votos a zero. Isso demonstra que ele é realmente uma pessoa consciente das suas obrigações e responsabilidades. Também quero reclamar do fato de alguns quererem votar uma proposta de emenda à Constituição sem incluírem a PEC 300, aquela que trata do piso nacional de salários dos policiais e dos bombeiros militares. Lembro que, antes das eleições, havia um compromisso feito pelo Presidente Michel Temer e o Líder do Governo, Cândido Vaccarezza, de que essa PEC seria votada logo após o segundo turno das eleições. E agora querem empurrar com a barriga, evitando a votação dessa PEC. Cumprimento os Deputados Jaime Martins e Ademir Camilo, que fizeram emendas para tentar salvar os ferroviários aposentados e o rolo compressor do Governo impediu que essas emendas fossem aprovadas para resgatar um pouco da dignidade do ferroviário aposentado, que passa por muitas dificuldades, querendo colocá-los, todos, sobre os trilhos, passando como uma locomotiva por cima deles. Obrigado, Sr. Presidente.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Muito obrigado, Deputado Arnaldo Faria de Sá, quero agradecer às Sras. e aos Srs. Deputados, que ficaram até este momento, e dizer que a Câmara hoje conseguiu votar duas matérias importantes para o País, duas medidas provisórias que dialogam com a Copa do Mundo, com esse evento importantíssimo para o Brasil. Então, está de parabéns o Parlamento brasileiro por essa decisão. Registro a presença neste plenário do Deputado Aldo Arantes, figura importante na história da nossa República. S.Exa. esteve conosco hoje durante a tarde.
Postar um comentário