11.09.2010

Arnaldo Faria de Sá

Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá

Ele briga por sua causa

O Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá, um dos autores do Estatuto do Idoso e da Delegacia do Idoso, entre outros projetos, tem como causa permanente o reconhecimento dos direitos dos aposentados e pensionistas, pois como afirma: “Defender os idosos é uma bandeira de luta constante, permanente. Sempre entendi, como conduta de vida, que devemos respeitar e admirar nossos idosos. Eu tenho seis mandatos como deputado federal e em todos eles, sempre levantei essa bandeira”.

“Principalmente, continua o parlamentar, depois da implantação do novo sistema de concessão de aposentadoria, que está em vigor desde janeiro, houve uma mudança significativa no comportamento da população, que está cada vez mais atuante e interessada em saber sobre seus direitos”.

Sempre com muita disposição, entusiasmo e espírito de luta, o Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá, garante: “se não encontrarmos uma saída, certamente encontraremos uma alternativa para essa sociedade que está cansada de sofrer pela falta de informações e por problemas que, certamente, podem ser resolvidos!”.

Escritório em São Paulo
Atendimento todos os sábados das 8h às 12h -presença do Dep. Fed. Arnaldo Faria de Sá.
End.Av.Engº George Corbisier, 1127 /Metrô Jabaquara
Fone: (11) 5011-8285 e-mail: deputadoarnaldo@hotmail.com

No Rádio
Todos os domingos na Rádio Tupi, AM 1150 Khz/SP, das 8h às 9h.
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=74224349


ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB/SP) - Deputado, 7º mandato, Contabilista, Advogado e Professor. Foi Secretário Municipal de Esportes e de Governo da cidade de São Paulo.

Político de centro-esquerda é um dos melhores especialistas em regimento do Congresso Nacional. Parlamentar independente é um aliado fiel dos trabalhadores, dentro e fora do Legislativo. Muito ativo nos bastidores, é assíduo às atividades de plenário, comissões permanentes, especiais e de inquérito. Vice-líder do PTB goza de excelente trânsito no Congresso. Destaca-se como debatedor.

Desde o primeiro mandato, é reconhecido como o deputado dos aposentados, pensionistas e idosos, causa a que se dedica de forma permanente. Membro da comissão do Estatuto do Idoso (Lei 10.741/03) e da Comissão que gerou a Lei que garante a concessão do benefício mesmo com a perda da condição de segurado e sem carência (Lei 10.666/03).

Coordenador e um dos fundadores da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência Pública, foi um dos principais defensores dos aposentados e pensionistas do serviço público e do INSS durante as votações das reformas da Previdência dos governos FHC e Lula. Foi o grande responsável pela aprovação em dois turnos da PEC Paralela da Previdência (EC 47). Lutou pela instalação dos Juizados Especiais Previdenciários e sua descentralização.

Relator da PEC 334/96, que veda o nepotismo, nomeação de parentes de autoridades para cargos em comissão e funções de confiança, no serviço público, da PEC 534/02, que dá poder de polícia às guardas municipais, da MP 234, que alterou o Código Civil, transformada na Lei 11.127/05. Garantiu a manutenção do Sistema Confederativo ao atuar pela derrubada das Medidas Provisórias 293 e 294, de 2006, que tratavam da reforma sindical.
Postar um comentário