12.08.2011

10/10/2011 Arnaldo Faria de Sá Dia do Professor

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (Bloco/PTB-SP. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, venho registrar que no dia 15 de outubro próximo será comemorado o Dia do Professor, mas poucos sabem como e quando surgiu esse costume no Brasil.
No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D'Ávila), D. Pedro I baixou um decreto imperial que criou o ensino elementar no Brasil. Pelo decreto, todas as cidades, vilas e lugarejos deveriam ter suas escolas de primeiras letras. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, salário dos professores, matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A ideia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima
, caso tivesse sido cumprida. Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao professor.
Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como "Caetaninho". O longo período letivo do segundo semestre ia de 1º de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo esse período. Quatro professores tiveram a ideia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa - e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.
O Prof
. Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os Profs. Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a ideia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil.
A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo País nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino promovem solenidades, em que se enaltece a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".
Quero também registrar meu abraço e meu apreço para com a Associação dos Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo - APAMPESP, presidida pela Profa
. Zilda Halben Guerra, tendo ainda, em sua diretoria, as nossas queridas professoras: Wally Ferreira Lühmann de Jesuz, Leonisther Rodrigues Benetti, Jandyra Therezinha Gonçalves, Elza Jorge Abdalla, Lucia Helena Maia Cotomacci, Elvi Donini Pinhel, Maria de Lourdes Priante, Joanita Leonôr Martim Franco.
Nosso abraço especial à nossa querida amiga Profa
. Hilda Rodrigues do Tanque, que, semanalmente, se faz presente nesta Casa, sempre procurando defender os interesses dos nossos professores aposentados.
Nosso abraço e nossos votos de pronto restabelecimento à nossa queria amiga e Profa
. Dalva Freitas Soares!
Parabéns
, professor, pelo seu dia!
Parabéns
, professoras da APAMPESP
Postar um comentário