12.08.2011

29/11/2011

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (Bloco/PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, estamos aguardando a manifestação do Sr. Ministro da Previdência no sentido de apresentar uma proposta de alteração do fator previdenciário.
Havia o Sr. Ministro da Previdência, Senador Garibaldi Alves Filho, assumido o compromisso de enviar a esta Casa proposta de alteração do fator previdenciário até o final do ano. Já estamos praticamente no último mês do ano, até agora essa reforma não veio para cá, e os trabalhadores continuam tendo um prejuízo incalculável com esse maldito fator previdenciário, que tunga cerca de 40% dos proventos de aposentados que trabalharam 35 anos.
A trabalhadora mulher acaba tendo um prejuízo ainda maior: chega a perder até 50% de sua aposentadoria com esse maldito fator previdenciário, depois de ter trabalhado 30 anos.
É preciso mudar isso, até porque, a partir do dia 1º, o IBGE, por força de portaria lamentavelmente autorizada por esta Casa, pode alterar a expectativa de vida do brasileiro, e o prejuízo do trabalhador pode ser ainda maior, aumentando 2 ou 3 meses o período para se definir a questão relativa ao fator previdenciário. Portanto, Sr. Presidente, estamos cobrando uma alteração extremamente importante.
Também queremos cobrar desta Casa a votação do Projeto de Lei nº 4.434/08, que trata da recomposição das perdas de aposentados e pensionistas, que estão perdendo muito dinheiro. A cada ano que passa o prejuízo se acumula ainda mais, chegando a passar dos 90%. A responsabilidade por isso não é apenas do Executivo, mas também desta Casa, que pode dar outro rumo a tudo isso. Tenho certeza de que os Parlamentares devem ter pai e mãe, não são filhos de chocadeira, portanto têm responsabilidade na definição dessa questão.
É lamentável que esta Casa esteja demorando tanto para resolver isso.
Registro meus cumprimentos a todos da Associação Portuguesa de Desportos, que ontem fizeram a opção de eleger a chapa encabeçada por mim para a assembleia geral. Cumprimento os novos conselheiros eleitos, e no mesmo momento o Presidente Manuel da Lupa e o Vice-Presidente Coronel Lucas, pela grande conquista da Portuguesa, sagrando-se campeã da Série B, tendo a oportunidade de manter o time e agregar novos valores para o próximo campeonato da Série A.
Registro nossa grande luta em defesa dos aposentados e pensionistas. Juntamente com o Diário de S. Paulo, na última semana foi realizado um grande debate em Santo André, com o apoio da Prefeitura, referente aos aposentados e pensionistas, que estão, repito, perdendo muito dinheiro.
Espero que a emenda que apresentei para garantir 80% da variação do INPC aos aposentados e pensionistas seja aprovada na votação do Orçamento. Assim eles obterão um aumento real de suas aposentadorias e pensões, porque o prejuízo já é muito grande.
Que esta Casa acorde enquanto é tempo.

Postar um comentário