10.30.2012

16/10/2012

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ


Sessão: 270.2.54.O Hora: 17:40 Fase: OD
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ, PTB-SP Data: 16/10/2012

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, primeiro, cumprimento V.Exa. como Presidente, porque, mesmo nesse período de pré-eleições em segundo turno, tem conseguido fazer com que a Casa produza resultados positivos, como esses acordos sobre prevenção de acidentes nucleares e também de acidentes aeronáuticos, muito bem lembrado por V.Exa. no caso da Centurion Cargo, em Viracopos, que acabou redundando no cancelamento de mais de 500 voos, principalmente da empresa Azul. E chamo a atenção da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária - INFRAERO: é preciso pensar em alternativas. No caso de Viracopos, tínhamos uma alternativa, que não foi utilizada: o aeroporto de Jundiaí. Só não tem estação de passageiros, mas tinha pista e para lá poderiam ser deslocados os aviões. Aqueles que fizessem check-in em Campinas, de ônibus iriam até Jundiaí, de onde poderiam ter prosseguido o voo. E o Aeroporto de Agudos, em Bauru, poderia também recepcionar o transporte de carga, até com possibilidade de haver uma volante da Receita Federal, no caso da aduana.  Então, Sr. Presidente, sinto que esta Casa trabalha, a despeito de alguns que querem constantemente criticá-la. Cumprimento V.Exa. por presidir esse trabalho, cobrando inclusive que logo após as eleições possamos votar o projeto que altera o fator previdenciário. O Governo teve dois prazos combinados com V.Exa. O primeiro até 30 de agosto e o outro até 30 de setembro. Até agora, quase final de outubro, não fez nenhuma proposta.  Queremos votar a alteração do fator previdenciário e lutar também para que quanto à LOA, Lei Orçamentária Anual, possamos aprovar uma emenda que garanta aumento real para os aposentados que ganham mais de um salário mínimo e que estão numa pinimba desgraçada. Está difícil até de superar as suas dificuldades, porque a inflação para as pessoas da terceira idade é muito maior do que para a média da população. Espero que esta Casa, logo depois do dia 28 de outubro, possa ter a oportunidade de resolver essas duas questões fundamentais para os "aposentandos", aqueles que estão se aposentando, e também para os aposentados, na questão do aumento real. Há uma luta muito grande, porque é difícil para a gente explicar a eles que esta Casa tem procurado fazer alguma coisa, mas na verdade não produz efeito prático. Estamos cobrando dos nossos Parlamentares, dos nossos pares que possamos resolver essas duas questões extremamente fundamentais para os aposentados e pensionistas, que aguardam ansiosamente por esse aumento. Ao mesmo tempo, estaremos lutando também para aprovar uma emenda de bancada, para podermos contemplar a justiça federal, o TRF3, e a partir daí fundamentar, inclusive, questões do juizado especial federal extremamente importantes para todos os aposentados.  Parabéns, Presidente Marco Maia.
Postar um comentário