12.19.2012

21/11/2012

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ


Sessão: 316.2.54.O Hora: 14:48 Fase: OD
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ, PTB-SP Data: 21/11/2012

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, eu tenho um requerimento de retirada de pauta, e, como V.Exa. sabe, porque já informei, não é por contrariedade ao objeto da matéria, mas em razão de não ter sido incluída na pauta a possibilidade de alteração do fator previdenciário. Essa é a razão pela qual eu apresentei o requerimento à Mesa, e gostaria de pedir a autorização de V.Exa. para sustentá-lo.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Deputado Arnaldo, V.Exa. sabe que a votação do fator previdenciário para esta semana era uma pauta de referência. Nós não havíamos ajustado ainda com precisão a data em que colocaríamos em votação.  Todas as questões que V.Exa. levanta são meritórias, são verdadeiras, e V.Exa. sabe que este Presidente tem um carinho e uma atenção especial por esse tema, mas conversando hoje com as Lideranças e com alguns dirigentes ligados à área, inclusive com V.Exa., quero reafirmar o compromisso de que vamos tratar desse tema na Casa, mas gostaria de um tempo maior. Quero propor inclusive ao Líder Henrique Eduardo Alves uma conversa do Governo com as centrais sindicais e também com as nossas Lideranças políticas aqui, para tratar do assunto e chegar a um entendimento para a votação do fator previdenciário, que é uma matéria importante, nesta Casa. Volto a dizer que não queremos votar o fator previdenciário apenas por votar, queremos votar para que ele não seja vetado, para que ele não tenha mais empecilho e para que se resolva, de forma definitiva, essa questão. Então, vamos propor isso. Vamos procurar o Governo e encaminhar um processo de negociação em torno do fator previdenciário.  Hoje, como V.Exa. pôde perceber, houve manifestações na imprensa e por parte do Ministério da Previdência sobre esse tema. E eu peço a V.Exa. a gentileza de, confiando neste Presidente, permitir que possamos votar essas matérias que também são importantes para a sociedade brasileira, enquanto continuamos o debate e a discussão sobre o fator previdenciário.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Sr. Presidente, na verdade, a afirmação de V.Exa. é suficiente e importante. Mas eu gostaria que os Líderes também corroborassem essa possibilidade de empenho, para que nós votemos o fator nos próximos 15 dias. Que passasse, esta semana, depois, a outra semana toda e, aí, em seguida, poderíamos votar o fator. De repente, em 15 dias, já estamos em dezembro, perto do final da Legislatura.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Mas eu não gostaria de iniciar o debate... Os Líderes concordam. Pode ter certeza disso. Senão, eu vou iniciar um debate sobre essa matéria aqui, e nós vamos perder a oportunidade de tratar desse tema, até porque boa parte dos Líderes vai estar, daqui a um pouquinho, na entrega da Medalha do Mérito Legislativo. O...
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Deputado Jorge Tadeu Mudalen.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - O Deputado Jorge Tadeu Mudalen já está ao meu lado aqui esperando. Eu quero que V.Exa. compreenda o compromisso assumido por este Presidente.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Eu vou esperar que V.Exa., então, converse com os demais Líderes, para que nós possamos estabelecer uma data de votação ainda no seu período na Presidência.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Claro.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Em razão disso, eu retiro o meu requerimento.
O SR. PRESIDENTE (Marco Maia) - Obrigado, Deputado. Muito obrigado. (Pausa.) Então, está retirado o requerimento.
Postar um comentário