12.19.2012

27/11/2012

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ


Sessão: 326.2.54.O Hora: 20:26 Fase: OD
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ, PTB-SP Data: 27/11/2012

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sra. Presidente, é estranho que nesta hora todo o mundo venha fazer apelo, apelo para se poder votar o projeto das varas federais do Amapá, que é importante. Eu entendo a posição da Dalva, do Davi, do Evandro Milhomen, da Fátima, do Luiz Carlos, do Sebastião Bala Rocha, que são Deputados do Amapá, mas quero que eles, juntamente com os demais Líderes que vieram pedir aqui, consultem os trabalhadores dos seus Estados para verem o que esse maldito fator previdenciário faz com o trabalhador brasileiro. O Paulinho acompanha essa luta. O Deputado Lincoln, o Deputado André têm acompanhado essa luta. É um desespero: mais de 1 milhão de trabalhadores estão aguardando o momento para se aposentar, e eles querem a alteração do fator previdenciário. Na verdade, eu queria que todos os Líderes que falaram aqui hoje se lembrassem de uma coisa: há Taquigrafia nesta Casa, que lá está registrado que todos votarão pela alteração do fator. E V.Exa., Presidenta, falou que na reunião de Líderes amanhã colocará essa matéria. Em razão disso, contra a minha vontade, mas atendendo ao pleito de vários companheiros, eu vou retirar o requerimento, mas sob a condição de que amanhã, na reunião de Líderes, seja discutida esta questão do fator previdenciário.  Não dá para aguentar mais! O fator está em vigor desde 1999. O Presidente Lula vetou; Dilma, se quiser, que vete. Mas vamos aqui acabar com este maldito fator previdenciário!
Retiro o requerimento. (Muito bem!)
Postar um comentário