2.20.2013

19/02/2013

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sem supervisão
Sessão: 008.3.54.O Hora: 16:26 Fase: GE
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ Data: 19/02/2013



O SR. PRESIDENTE (Simão Sessim) - Vamos voltar às Breves Comunicações.
Mas antes, rapidamente, concedo a palavra aos nobres Deputados Arnaldo Faria de Sá, Deputado Toninho e Deputado Sibá Machado por um minuto.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (Bloco/PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, jáque retomamos os nossos trabalhos, eu espero que a gente possa reincluir na pauta e definitivamente encontrar uma saída, uma solução para a questão do fator previdenciário, que sem dúvida nenhuma éum verdadeiro assalto ao bolso do trabalhador que depois de trabalhar 35 anos, vai perder cerca de 40% da sua aposentadoria, se for homem; e se for mulher, o prejuízo será cerca de 50%.  Saúdo o Supremo Tribunal Federal por ter incluído na pauta a apreciação, a partir de amanhã, da desaposentação, que só está com esse problema por culpar do próprio Governo que acabou com a possibilidade de a pessoa receber o seu pecúlio e, portanto, contribui para nada. Por isso o Supremo tem que decidir sobre isso. E nós queremos também resolver, além da questão da desaposentação, o aumento dos aposentados.
Postar um comentário