2.25.2013

25/02/2013

19/02/2013 - 12h43

Mozart Vianna retorna à Secretaria-Geral e Sérgio Sampaio é o novo diretor-geral

Alexandra Martins
Mozart Vianna De Paiva
Mozart Vianna volta ao cargo que ocupou por 20 anos.
O primeiro-secretário da Câmara, deputado Márcio Bittar (PSDB-AC), empossou nesta terça-feira (19) Mozart Vianna de Paiva como secretário-geral da Mesa Diretora  da Casa. Sérgio Sampaio Contreiras de Almeida, que substituiu Mozart na secretaria-geral nos últimos dois anos, retorna ao cargo de diretor-geral. “Só desejo a vocês sorte, porque talento vocês têm de sobra”, declarou Bittar, após assinar os termos de posse.
Mineiro de 61 anos, Mozart retorna à cadeira que ocupou por mais de 20 anos, sempre sentado à esquerda de quem preside as sessões do Plenário. “Estou voltando para a minha casa”, declarou. Nos últimos dois anos, Mozart atuou como assessor do senador Aécio Neves (PSDB-MG), ex-presidente da Câmara, e também prestou consultoria na área legislativa.
“Dr. Mozart”, como é chamado pela maioria dos deputados, servidores e jornalistas, tornou-se conhecido até por quem não é do meio político, por conta de seu amplo conhecimento sobre o Regimento Interno da Casa. O secretário-geral destacou a importância do Legislativo e lamentou o fato de às vezes esse trabalho ser mal interpretado. “Eu vivi os tempos de Congresso fechado e cada vez mais tenho certeza de como ele é fundamental para a democracia”, disse.
Formado em Letras pela Universidade de Brasília, Mozart entrou na Câmara por concurso, em 1975. Foi descoberto pelo então secretário-geral, Paulo Afonso, que comandou a Secretaria-Geral da Mesa durante a Constituinte. Afonso convidou Mozart para secretariar a Comissão de Redação Final, que corrigia as leis votadas antes de elas serem sancionadas.
Sérgio Sampaio
O advogado brasiliense Sérgio Sampaio retorna ao cargo de diretor-geral, substituindo Rogério Ventura, e acumulando também o cargo de assessor especial do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).
Alexandra Martins
Sérgio Sampaio Contreiras de Almeida
Sampaio vai acumular os cargos de diretor-geral e de assessor do presidente da Câmara.
Sampaio entrou na Câmara por concurso público aos 21 anos. Seu primeiro cargo foi como secretário da Comissão de Constituição e Justiça, de 1993 a 2001. Lá, galgou posições. Em seguida, assumiu pela primeira vez a diretoria-geral, que coordena todas as atividades administrativas da Casa.
“Podem nos cobrar dedicação, empenho e respeito ao Parlamento”, disse Sampaio. “Nosso trabalho é dar condições para que os deputados entreguem à população o que ela espera em termos de uma legislação eficiente”, completou.
Reportagem – Murilo Souza
Edição – Marcelo Westphalem

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
Postar um comentário