3.12.2013

12/03/2013 Registro do Assíduo Odoaldo Passos


DEPUTADO ARNALDO FARIA DE SÁ, RESPONDE




Obrigado Deputado Arnaldo,

Muita luta é o que esperamos dessa nova Câmara. De sua parte, nós temos certeza de que haverá combate, resta saber se os demais estarão sintonizados com esse sentimento.

Continuamos acreditando na sua ação para que aposentados, pensionistas e trabalhadores, tenham por parte da Casa Legislativa e do governo, um tratamento digno daquilo que todos merecemos.

Fique com Deus e continuemos nesta luta incansável!

Odoaldo Vasconcelos Passos
Aposentado/Belém-PA


De: Dep. Arnaldo Faria de Sá [mailto:dep.arnaldofariadesa@camara.gov.br]
Enviada em: terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 16:28
Para: odoaldo
Assunto: RES:

Recebi sua mensagem e, para conhecimento, encaminho abaixo minha manifestação da Tribuna desta Casa realizada no início da tarde de hoje. Salientamos que cobramos aumento real para o salário mínimo, bem como aumento real para aposentados e pensionistas.
Nossa Luta Continua!!

Arnaldo Faria de Sá
Deputado Federal - São Paulo

Gabinete: Atendimento Previdenciário
Avenida Engenheiro George Corbisier n.º 1.127
Bairro Jabaquara
04345-001 São Paulo SP
Telefone 11.50118285 Fax 11.5011.3911
E-mail: deputadoarnaldo@hotmail.com

Brasília - Gabinete Parlamentar
Câmara dos Deputados Anexo IV Gab 929
70160-900 Brasília DF
Telefone 61.3215.5929 Fax: 3215.2929
Blogger: http://deputadoarnaldo.blogspot.com/

Site: www.deputadoarnaldofariadesa.com.br

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ Sem supervisão
Sessão: 004.1.54.O Hora: 14:12 Fase: PE
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ Data: 08/02/2011


________________________________________


O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (Bloco/PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sra. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, quero saudar todos os novos companheiros. Nós vamos cobrar do Presidente Marco Maia seu compromisso de que, iniciados os trabalhos, reinstalaria a Comissão Especial que trata da PEC nº 300, de 2008. Todos aguardam com ansiedade essa definição: policiais militares e civis, bombeiros militares. Esperamos demonstrar aos Governadores que a PEC 300 pode ser a salvação da segurança pública dos Estados. Vemos a falta de segurança que existe em vários deles, que deve ser minorada a partir da aprovação da PEC 300. Também vamos reclamar da postura do Ministro Guido Mantega, que diz que vai vetar qualquer aprovação do Congresso acima da proposta do Governo, que é irreal. Ele certamente não está sintonizado com as medidas desta Casa. Queremos aumento para os aposentados que ganham mais de um salário mínimo acima do valor proposto pelo Governo. Vamos brigar por isso, custe o que custar, doa a quem doer.
Postar um comentário