4.04.2013

02/04/2013 Discurso de Arnaldo Faria de Sá

https://www.camara.gov.br/internet/library/imagens/BrasaoRepublica.gif
CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ
Sem redação final
Sessão: 051.3.54.O
Hora: 16:28
Fase: GE
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ
Data: 02/04/2013


O SR. PRESIDENTE (Amauri Teixeira) - Concedo a palavra ao Deputado Arnaldo Faria de Sá. Em seguida, terá a palavra o Deputado Miriquinho Batista.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, queria cobrar, mais uma vez, desta Casa a inclusão, na pauta, do projeto que altera o fator previdenciário, uma verdadeira excrescência com o trabalhador brasileiro, que, depois de trabalhar 35 anos, perde 40%, em média, da sua aposentadoria, se homens; se mulheres, o prejuízo chega a 50%, em razão da melhor expectativa de vida que elas têm. Isso não pode continuar acontecendo, temos que fazer essa alteração o mais rápido possível e lutar para aprovar o projeto que trata da recuperação das perdas de aposentados e pensionistas, lembrando que para os aposentados e pensionistas a inflação é maior do que a normal, com gastos com planos de saúde e medicamentos, uma coisa inimaginável para nós. Portanto, cobramos que esta Casa se lembre dos vários aposentados e pensionistas, pois acho que todo Deputado tem pai e mãe e, como filho de pai e mãe, não pode se portar como filho de chocadeira nesta Casa. Muito obrigado, Sr. Presidente.
O SR. PRESIDENTE (Amauri Teixeira) - V.Exa. tem inteira razão, Deputado Arnaldo Faria de Sá. Esta é uma matéria que nós temos que vencer.
Postar um comentário