8.14.2013

13/08/2013 Discurso de Arnaldo Faria de Sá

https://www.camara.gov.br/internet/library/imagens/BrasaoRepublica.gif
CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ
Sem supervisão
Sessão: 228.3.54.O
Hora: 17:44
Fase: BC
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ
Data: 13/08/2013

O SR. PRESIDENTE (Inocêncio Oliveira) - Para uma breve intervenção, concedo a palavra ao ilustre Deputado Arnaldo Faria de Sá. Em seguida, ouviremos o Deputado Pedro Chaves.

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, essa matéria que está pendente de votação, tanto dos ACSs quanto dos ACEs, sem dúvida nenhuma é extremamente importante. Na verdade, a gente se preocupa muito com médicos, se preocupa com as carreiras de importância maior e se esquece do pessoal da base. Quem faz o dia a dia da saúde são os ACSse os ACEs. Por isso, Sr. Presidente, nós precisamos, na verdade, encontrar uma saída e uma solução para votar essa matéria. Quem for contra, vem aqui e diz que é contra, mas tem que votar. Trabalhar nos bastidores para impedir a votação de uma matéria dessa importância? O que eles estão pedindo é nada, perto do salário de um graduado, de um universitário. (Manifestação nas galerias.) Isso não pode continuar acontecendo. A discussão é o ato médico. A discussão é o grande salário. Nós temos que discutir o pequeno salário, o miúdo, o de nada, mas que quer garantir a sua sobrevivência. Vamos votar já essa matéria.
Postar um comentário