8.22.2013

21/08/2013 NOTICIAS

21/08/2013 - 18h44

Henrique Alves vai buscar apoio dos governadores para aprovar a PEC 300

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, se reuniu nesta quarta-feira com deputados, bombeiros e policiais civis e militares para discutir a votação em segundo turno da PEC 300/08, que estabelece novas regras para o piso salarial desses trabalhadores.
De acordo com o presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), Jânio Bosco Gandra, o presidente da Câmara disse que vai se empenhar para buscar o apoio dos governadores para a proposta. O principal impacto da PEC, caso aprovada, recai sobre os orçamentos dos estados.
Também ficou acertada uma reunião do grupo de trabalho que acompanha as negociações para o dia 17 de setembro, quando poderá ser definida uma agenda para a votação da PEC. A proposta foi aprovada em primeiro turno pelo Câmara, em 2010.
Reuniões às quartasO coordenador da Frente Parlamentar de Apoio à PEC 300/08, deputado Otoniel Lima (PRB-SP), também 3º vice-presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, disse que ficou acertada a realização de reuniões semanais do grupo de trabalho com o presidente da Câmara, às quartas, a fim de avaliar os avanços gradativos da negociação.
Segundo Otoniel, os estados que são contra a PEC “têm que justificar os motivos para se oporem à sua aprovação e se entender com os seus respectivos deputados”.
Otoniel lembrou também que os parlamentares do grupo de trabalho participaram da reunião de lideres pela manhã e reafirmaram que a invasão do Plenário da Câmara, ocorrida ontem, não caracteriza a conduta e o comportamento dos policiais e dos bombeiros. “Policiais devem conter manifestações e não, fazê-las.”

Íntegra da proposta:

Reportagem – José Carlos Oliveira
Edição – Newton Araújo
Com informações da Assessoria da Presidência

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
Postar um comentário