10.23.2013

23/10/2013 - PT nega obstrução a piso de agentes da saúde

O deputado Sibá Machado (PT-AC) esclareceu que pediu um novo painel de votação na sessão que se iniciou há pouco para garantir um intervalo para o almoço dos deputados e permitir a análise do projeto de renegociação da dívida dos municípios (PLP 238/13). Ele negou a obstrução ao próximo item da pauta, o piso salarial dos agentes comunitários de saúde.
"Não pode dizer que eu estou obstruindo, pedi novo painel porque a Casa estava esvaziando e eu estava preocupado. Um novo painel dá tempo para o almoço e força os deputados a votar. Estava ajudando na abordagem da matéria", explicou Sibá. Segundo ele, a votação do projeto das dívidas já teria sido encerrada ontem não fosse a obstrução do DEM.
A explicação não satisfez alguns deputados. O líder da minoria, deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), disse que o governo é contra o piso dos agentes comunitários de saúde e não quer votar a matéria. "Vamos assumir que essa é a questão", disse.
O líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR), cobrou que Sibá retirasse o pedido de novo painel, o que não foi feito. Os deputados Fábio Trad (PMDB-MS) e Geraldo Rezende (PMDB-MS) também criticaram a manobra de novo painel.
Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Newton Araújo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
Postar um comentário