12.10.2013

10/12/2013 TV Câmara chega a dois novos estados em sinal digital e gratuito

Atualizado em 10/12/2013 às 00:53

TV Câmara chega a dois novos estados em sinal digital e gratuito

Inaugurações em Florianópolis e Vitória levarão a TV digital a público potencial de quase três milhões de cidadãos nas regiões metropolitanas das duas capitais
A Câmara dos Deputados e as Assembleias Legislativas de Santa Catarina (Alesc) e do Espírito Santo (Ales) inauguram, nesta semana, as operações em sinal digital da TV Câmara e da TV Assembleia. Na quarta-feira (11), a solenidade será às 17 horas na sede da Alesc. Na quinta-feira (12), a sessão solene está marcada para às 16 horas no plenário da Ales.
Florianópolis e Vitória se unem a outras dez capitais e nove cidades do interior que formam a Rede Legislativa de TV da Câmara dos Deputados. O projeto, que começou com a expansão do sinal da TV Câmara em São Paulo, hoje chega também de forma gratuita e com qualidade digital nas regiões metropolitanas de Fortaleza, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Manaus, São Luís, Palmas, Cuiabá e Goiânia.
No acordo firmado entre os legislativos federal e estadual, a Câmara dos Deputados adquire os equipamentos necessários para a transmissão e a Assembleia Legislativa garante a instalação e manutenção da operação. "Estamos avançando a passos largos para cobrir todas as capitais dos estados com o sinal digital da TV Câmara. Inauguramos Vitória e Florianópolis agora e vamos partir para implantar as emissoras de Salvador, Natal, Recife e outras, permitindo que o cidadão possa acompanhar o trabalho do Legislativo e fiscalizar as atividades do seu deputado em Brasília. Além disso, possibilitamos que as assembleias estaduais e câmaras municipais dessas cidades disponham de canal para montar suas próprias emissoras de televisão", comemora o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves.
Canais independentes
Criada em 2006, a Rede Legislativa de TV  é um projeto associativo do qual fazem parte a Câmara dos Deputados, o Senado Federal, as Assembleias Legislativas e as Câmaras Municipais. Para garantir que o sinal das três esferas de poder chegue com tecnologia digital e gratuita pelo menor custo possível, é usado o recurso da multiprogramação, que permite o compartilhamento de um mesmo canal por quatro emissoras diferentes.
"A ampliação do alcance da TV Câmara e das TVs Assembleias garante transparência ao processo de elaboração das leis e fortalece a democracia nos estados e no País", afirma o secretário de Comunicação da Câmara, Sérgio Chacon.
Interiorização
O projeto de expansão também avança pelo interior do Brasil. A Rede Legislativa já está no ar em Barretos, Bauru, Jacareí, Jaú, Piracicaba, Tupã e Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo; e em Sete Lagoas e Uberaba, em Minas Gerais. Em breve, serão inauguradas cerca de 30 TVs câmaras municipais, e mais de 100 aguardam liberação do canal pelo Ministério das Comunicações para iniciar o processo de instalação do sinal digital.
"Estamos cumprindo nossa meta de levar informação de qualidade, ao vivo, para que os cidadãos participem do processo político do nosso País. As inaugurações de Florianópolis e Vitória representam a consolidação do nosso projeto", comemora a presidente do Comitê de TV Digital, Sueli Navarro. Henrique Eduardo Alves observa que a Rede Legislativa de TV Digital democratiza o acesso à informação sobre o Parlamento. "O acesso é gratuito, independe de assinaturas de TV paga ou de possuir equipamentos especiais de uso restrito. Facilita a vida do cidadão e amplia a visibilidade dos representantes populares", assinala.
Postar um comentário