1.21.2014

21/01/2014 NOTICIAS

São Paulo - Amanhã, dia 22 de janeiro, às 10 horas no Palácio dos Bandeirantes, o Governador Geraldo Alckmin assinará a regulamentação da Lei que trata da gratuidade do transporte rodoviário intermunicipal para idosos, acima de 60 anos de idade, no Estado de São Paulo. Uma aspiração antiga dos idosos que agora se torna uma realidade. Relembramos que o Deputado Arnaldo Faria de Sá, em seu sétimo mandato consecutivo na Câmara Federa,l sempre lutou defendeu a concretização desse objetivo. Arnaldo Faria de Sá estará presente à solenidade que ocorrerá, como já mencionamos, no Palácio dos Bandeirantes.
O Deputado Arnaldo Faria de Sá, conforme sinopse de notícias abaixo de sites de grande credibilidade, vem há anos lutando por essa conquista. Ferrenho defensor dos aposentados e pensionistas, Arnaldo Faria de Sá vê agora mais um degrau alcançado que nasceu desde a sanção do Estatuto do Idoso.

"Parabéns aposentados, por essa conquista! Mas estaremos lutando cada vez mais pelo reconhecimento dos seus direitos e principalmente por uma aposentadoria digna e justa", salientou o parlamentar.

NOTICIAS

Em 2010 A Consultoria-Geral da Advocacia-Geral da União (CGU/AGU) encaminhou à 1ª Secretaria da Câmara dos Deputados informações sobre a atuação da instituição para garantir os direitos previstos no Estatuto do Idoso - Lei n° 10.741/03. O documento foi elaborado após a AGU receber o Requerimento de Informação nº 4727/10, de autoria do deputado Arnaldo Faria de Sá. O Estatuto do Idoso regulamentou os direitos das pessoas com idade igual ou superior aos 60 anos, com o objetivo de asseverar todas as oportunidades e facilidades para preservação da sua saúde física e mental, e o aperfeiçoamento moral, intelectual e social. 
02/03/2005 - 
Transporte gratuito
Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) cobrou o cumprimento do dispositivo do Estatuto que garante vagas gratuitas ou com descontos, em ônibus interestaduais, aos idosos que ganham até dois salários mínimos. 

Dublê Editorial e Jornalística - 01.04.2004
Para se ter uma idéia das inovações que o Estatuto trouxe. Pessoas com mais de 65 anos e com renda inferior a dois salários mínimos têm o direito de viajar gratuitamente. Ônibus interestaduais devem reservar duas de suas poltronas para elas. Caso as vagas gratuitas tenham sido excedidas, esse mesmo idoso tem direito a um desconto de no mínimo 50% do preço da passagem. Deputado Federal pelo PTB-SP, Arnaldo Faria de Sá, um dos criadores do Estatuto.

Fonte:COBAP
02/10/2013
Caravanas lideradas pela COBAP lotaram o plenário em evento comemorativo aos 10 anos do Estatuto do Idoso
O que era para ser um ato festivo tornou-se um ato reivindicativo. Assim foi definida a Sessão Solene aos 10 anos do Estatuto do Idoso, realizada na manhã desta terça-feira, 1º de outubro, no plenário principal da Câmara dos Deputados, em Brasília.
Os assentos foram tomados por aposentados vindos de diversas regiões do Brasil. A sessão foi presidida pelo deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), que mais uma vez provou com atos e palavras que permanece firme na luta em defesa dos direitos dos idosos. Arnaldo cobrou a gratuidade no transporte intermunicipal para idosos, luta essa defendida pelo parlamentar.
.
Postar um comentário