2.21.2014

20/02/2014 Divulgados nomes de 15 indicados à presidência das 22 comissões da Câmara

20/02/2014 - 18h31

As lideranças partidárias já anunciaram os indicados para as presidências de 15 das 22comissões permanentes da Câmara dos Deputados.

O maior partido da Casa, o PT, ainda não definiu quem vai indicar para a presidência da maior comissão da Casa, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), ou a mais polêmica, a Comissão de Direitos Humanos e Minorias. Os nomes, segundo o líder do partido, deputado Vicentinho (SP), só serão definidos na próxima terça-feira. PSDB e PSC também não definiram as suas indicações.
Nova comissão
A mais nova comissão da Casa, do Esporte, cuja criação foi confirmada em Plenário na quarta-feira (20), já teve o presidente indicado. O PDT escolheu o deputado Damião Feliciano (PDT-PB) para chefiar o novo colegiado. Os cargos da estrutura da nova comissão virão de uma redistribuição dos demais cargos das outras comissões já existentes.
O segundo maior partido, PMDB, também já fechou suas escolhas para as comissões de Desenvolvimento Urbano (Mauro Lopes-MG); de Finanças e Tributação (Mário Feitoza-CE); e de Fiscalização Financeira e Controle (Hugo Motta-PB).
Os indicados ainda precisam ser eleitos nas comissões, na data determinada pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, para a instalação dos colegiados. As indicações costumam ser confirmadas nas urnas, mas há exceções. Em 2010, por exemplo, o deputado Eliseu Padilha (PMDB-RS) derrotou o candidato indicado pelo PMDB, Mendes Ribeiro Filho (RS), e conquistou a presidência da CCJ com uma candidatura avulsa.


Reportagem - Carol Siqueira
Edição – Regina Céli Assumpção

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
Postar um comentário