3.14.2014

11/03/2014 Arnaldo Pede Votação do PL Fator Previdenciário

https://www.camara.gov.br/internet/library/imagens/BrasaoRepublica.gif
CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ
Sem redação final
Sessão: 040.4.54.O
Hora: 16:48
Fase: GE
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ
Data: 11/03/2014

A SRA. PRESIDENTA
 (Benedita da Silva) - Passamos agora às breves comunicações da sessão deliberativa. Concedo a palavra ao Deputado Arnaldo Faria de Sá por 1 minuto.

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sra. Presidente, eu queria, mais uma vez, cobrar desta Casa a possibilidade de incluir na pauta o projeto que altera o fator previdenciário. Não dá mais para explicar que o trabalhador brasileiro, depois de ter trabalhado 35 anos, vai perder cerca de 40% do valor da sua aposentadoria se for homem e, se for mulher, pela melhor expectativa de vida, o prejuízo chega a 50%. É um roubo que se faz com o trabalhador brasileiro, a pretexto de evitar o déficit alegado da Previdência Social. Esse déficit não existe, mas é vendido como déficit para inviabilizar a previdência pública e fazer o jogo da previdência privada. Esta Casa tem responsabilidade, além do Executivo, de pressionar, junto com as centrais sindicais, para que essa matéria venha à pauta e seja votada. Tenho certeza de que parcela da Casa é responsável, mas outra parcela de Parlamentares parece filhos de chocadeira, não têm pai, nem mãe, não estão preocupados com a situação do trabalhador brasileiro.
Portanto, vamos votar o fim do fator previdenciário nesta Casa, Sra. Presidente.
Postar um comentário