4.03.2014

02/04/2014 Agentes de Saúde e Piso Enfermeiro na pauta do Esforço Concentrado

02/04/2014 - 14h03 Atualizado em 03/04/2014 - 09h29

Líderes definem pauta de votações do esforço concentrado

Líderes partidários entraram em acordo para votar uma pauta de consenso a partir da próxima semana, que possui 48 itens.
Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Reunião para definir a pauta da semana
Alves reunido com os líderes: a lista prévia dos partidos tinha mais de 200 propostas.
O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, anunciou nesta quarta-feira (2) que os líderes partidários entraram em acordo para votar uma pauta de consenso a partir da próxima semana em um esforço concentrado de votações de segunda a quinta-feira, e, se preciso, até na sexta-feira.
Ao sair da reunião de líderes, , o presidente destacou algumas das propostas acordadas; entre elas, a regulamentação da emenda das domésticas (Projeto de Lei Complementar 302/13), o projeto que torna corrupção crime hediondo (PL 5900/13), o que acaba com o chamado auto de resistência (PL 4471/12), o que cria uma regulamentação para o funcionamento de casas noturnas (PL 2020/07) e o que permite biografias não autorizadas (PL 393/11). Ao todo, são 48 projetos.
Henrique Eduardo Alves afirmou que a Casa também quer votar o projeto que cria um piso nacional para os agentes de saúde (PL 7495/06) e o que reduz a jornada de trabalho de enfermeiros (PL 2295/00). O presidente informou, no entanto, que por trazerem impacto ao orçamento essas propostas ainda estão pendentes de acordo com o governo. Alves disse que vai negociar pessoalmente essas matérias.
O presidente da Câmara pediu aos líderes partidários que não entrem em obstrução nas próximas sessões, para que a pauta da Câmara possa ser destrancada.
Reportagem - Ana Raquel Macedo
Edição - Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
Postar um comentário