4.02.2014

02/04/2014 Portuguesa ganha Liminar na Justiça Comum

Portuguesa consegue liminar e terá pontos devolvidos pela CBF

Pedro Lopes
Do UOL, em São Paulo
Ampliar

Torcedores da Portuguesa protestam contra STJD14 fotos

3 / 14
Torcedores da Portuguesa fazem manifestação na Av. Paulista contra possível perda de pontos no STJD Guilherme Palenzuela / UOL

VEJA TAMBÉM

A Portuguesa conseguiu a primeira vitória na Justiça Comum. Nesta  quarta-feira, o juiz Miguel Ferrari Júnior, da 43ª Vara Cível de São Paulo, concedeu ao clube paulista uma liminar determinando que a CBF devolva os quatro pontos retirados pela punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva e que resultaram no rebaixamento.
A decisão aconteceu rapidamente, após a entrada com ação na tarde desta sexta-feira. Também foi concedida a liminar para proibir que a Portuguesa sofra qualquer punição desportiva pelo fato de ter ingressado em juízo. 
A Portuguesa decidiu entrar com a ação na última segunda-feira, após bastante hesitação do presidente Ilídio Lico. Havia a esperança de negociar com a CBF, para tentar uma solução amigável que ajudasse o clube a sanar seus problemas financeiros, mas ela não aconteceu.
A ação foi elaborada pelo advogado Daniel Neves, em conjunto com o vice-presidente jurídico da Lusa, Orlando Cordeiro de Barros. Com a liminar, a Portuguesa está, pelo menos temporariamente, restituída na Série A de 2014. A CBF ainda pode recorrer da decisão.
Hoje, o lugar do clube do Canindé na Série B seria ocupado pelo Flamengo. O Rubronegro, com 45 pontos, cairia para a 17ª colocação e acabaria rebaixado.
 
Postar um comentário