4.15.2014

15/04/2014 Arnaldo Faria de Sá Cobra votação de PL 3299 e 4434

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sem supervisão
Sessão: 095.4.54.OHora: 15h10Fase: PE
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁData: 15/04/2014


O SR. PRESIDENTE (Gonzaga Patriota) - Com a palavra o eminente Líder Arnaldo Faria de Sá, que ganhou o voto da minha mãe, D. Eliza.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, mande um beijo para sua mãe. Ela é, sim, uma grande eleitora minha.
Sr. Presidente, com muita alegria e muita satisfação soubemos que, na semana passada, a Procuradoria Geral da República deu parecer favorável à desaposentação. Esperamos agora o voto do Ministro Barroso para ver celeridade nessa questão da desaposentação, que corrige uma grande injustiça referente ao fator previdenciário. Se o trabalhador se aposentou e continua trabalhando, somando um novo tempo de contribuição e uma nova idade, isso poderá diminuir o prejuízo e ter uma nova aposentadoria, o que é extremamente importante. Esta é a nossa luta, já que nesta Casa, lamentavelmente, não se vota a o fator previdenciário. Culpamos muito o Governo, mas esta Casa também tem culpa. Parece que aqui só tem filho de chocadeira, que não tem pai, nem mãe, se pensasse no pai e na mãe já teria votado essa alteração do fator previdenciário. Nos dias 12 e 13 de maio estarão nesta Casa várias lideranças, junto com a Federação das Associações de Aposentados de São Paulo, para pressionar a Câmara dos Deputados a votar o Projeto de Lei nº 4.434, de 2008, que trata da recuperação das perdas de aposentados e pensionistas.
O SR. PRESIDENTE (Gonzaga Patriota) - Deputado Arnaldo Faria de Sá, V.Exa. é um subtraidor de voto.
Postar um comentário