4.24.2014

NOTICIAS

23/04/2014 - 21h54
Henrique Alves destaca que Plenário votou mais de dez propostas nesta semana
JBatista/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, destacou que o Plenário da Câmara votou nesta semana 18 propostas, entre projetos de lei, propostas de emenda à Constituição, requerimentos de urgência e recursos. Houve ainda a discussão do projeto de regulamentação da PEC das Domésticas (PLP 302/13), que teve a urgência aprovada. “Em uma semana com pauta destrancada, esta Casa mostrou que saber trabalhar, que pode trabalhar e que está trabalhando pelo Brasil”, ressaltou Alves.
O Plenário votou nesta semana as seguintes propostas:
§  MP 637/13, que libera R$ 1,9 bilhão para vários órgãos do Executivo, sendo que a maior parte é destinada para atender a populações vítimas de desastre;
§  PL 5120/01, do deputado Alex Canziani (PTB-PR), que regulamenta as agências de turismo;
§  PLP 362/06, do Executivo, que permite ao trabalhador rural usar financiamento público do Banco da Terra para comprar a parte de outros beneficiários de imóvel herdado;
§  PL 1332/03, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que regulamenta a criação e o funcionamento das guardas municipais;
§  PLP 276/02, do Executivo, que delega ao ministro da Defesa, em alguns casos, a atribuição de permitir o trânsito e a permanência temporária de forças estrangeiras no País independentemente da autorização do Congresso Nacional;
§  PLP 275/01, do Senado, que dá condições especiais à aposentadoria da mulher servidora policial;
§  PRC 132/12, do deputado Assis Melo (PCdoB-RS), que institui o Prêmio Dignidade no Trabalho;
§  REP 17/12, da Mesa Diretora, que suspende por 90 dias o mandato do deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO);
§  PEC 111/11, da deputada Dalva Figueiredo (PT-AP), que permite aos servidores públicos dos ex-territórios federais do Amapá e de Roraima, admitidos entre a transformação em estado e sua efetiva instalação (entre outubro de 1988 e outubro de 1993), optarem por fazer parte de quadro em extinção da administração federal;
§  PEC 290/13, da deputada Margarida Salomão (PT-MG), que muda vários dispositivos constitucionais para melhorar a articulação entre o Estado e as instituições de pesquisa com o objetivo de estimular o desenvolvimento científico, tecnológico e a inovação.
Além disso, foram aprovados requerimentos de urgência de propostas que entrarão na pauta da próxima semana: a proposta que libera biografias não autorizadas (PL393/11); a nova lei dos caminhoneiros (PL 5943/13); e regras sobre direito de resposta (PL 6446/13).
O Plenário aprovou ainda um pedido de criação de comissão externa para apurar atos de racismo e a prorrogação do prazo da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas.
Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Pierre Triboli


A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
Postar um comentário