5.21.2014

21/05/2014 Arnaldo Faria de Sá defende Jornada 30 horas

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sem supervisão
Sessão: 146.4.54.OHora: 15h30Fase: CG
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁData: 21/05/2014


O SR. PRESIDENTE (Deputado Simão Sessim.) - Concedo a palavra ao Deputado Arnaldo Faria de Sá, por 3 minutos.
O SR. DEPUTADO ARNALDO FARIA DE SÁ - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, pessoal da enfermagem, na verdade, conheço bem esta matéria porque eu fui Relator, na Comissão de Seguridade Social e Família, há bastante tempo, há muito mais de 30 horas.
Esse projeto demorou muito para ser aprovados nas Comissões de Constituição e Justiça, Finanças e Tributação e agora está encostado aqui para ser colocado em votação no plenário.
Existe um compromisso firmado pela então candidata Dilma Rousseff de que ela iria aprovar as 30 horas. Está aqui, assinado por ela, assinado pelo Sr. Alexandre Padilha, que era então o Ministro da Saúde. Na verdade, nada disso está sendo levado a efeito. Nós só queremos cumprimento. Quem prometeu foi ela. É sóela dizer para o Presidente da Câmara que quer que seja votado, põe para votar, e vai ser aprovado por maioria folgada e absoluta, porque todo mundo quer aprovar as 30 horas para a enfermagem. (Palmas.)  Problema com as Santas Casas, com as filantrópicas, é devido à tabela do SUS, não é problema da tabela da enfermagem. O pessoal que trabalha com enfermagem não quer 30 horas para trabalhar menos, não. Quer 30 horas para trabalhar mais, porque com 30 horas pode arrumar um segundo emprego e fazer o seu salário compensar. Essa é a grande verdade, porque pagam mal a enfermagem, que tem de ser respeitada. Todo mundo sabe, quando é internado no hospital, como é a visita de médico: ele entra e sai. Quem segura o paciente é a enfermagem. (Palmas.) É a enfermagem que garante, ao lado do paciente, todo tempo de que ele precisa. (Palmas.) Quem acompanha o paciente por todo período em que ele está internado é o pessoal da enfermagem.  Portanto, Sr. Presidente, ao aprovarmos esse projeto, nós estamos dando melhoria para todos os pacientes de qualquer hospital que tenha pacientes para serem atendidos, porque quem garante o atendimento a paciente, sem dúvida nenhuma, éa enfermagem. Nada mais justo do que, neste momento, a gente poder fazer um gesto para garantir ao pessoal da enfermagem isso que foi promessa de campanha da Presidente Dilma, promessa do então Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e promessa de todos nós, aqui nesta Casa, para aprovar as 30 horas. (Palmas.) 
Temos certeza, Sr. Presidente, de que, se essa matéria vier para o plenário, teremos muito poucos votos contra. A maioria será pela aprovação. Essa aprovação é extremamente importante, até porque chega de enrolação, chega de enganação! Trinta horas já e agora! (Palmas.)
Postar um comentário