5.21.2014

21/05/2014 Senado aprova piso de R$ 1.014 para agentes comunitários de saúde

21/05/2014 - 20h03

Senado aprova piso de R$ 1.014 para agentes comunitários de saúde

O texto já havia sido aprovado na Câmara no início do mês. Projeto vai à sanção presidencial.
O Senado aprovou nesta quarta-feira (21) o projeto que fixa em R$ 1.014 o piso salarial nacional para os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, com jornada de 40 horas semanais. O texto foi aprovado na Câmara dos Deputados no inicio do mês. A matéria segue para sanção presidencial.
Houve uma mudança em relação à proposta que sai da Câmara: os senadores retiraram os artigos que previam aumentos vinculados ao reajuste do salário mínimo. Para preservar o poder aquisitivo do piso, um acordo de lideranças manteve no texto a previsão de aumento por meio de decreto do Poder Executivo, que deverá ser estabelecido a cada ano.
A carreira de agentes comunitários foi regulamentada pela Lei 11.350/06, que permitiu a regularização dos funcionários contratados no âmbito da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e estabeleceu as diretrizes para contratação nos estados e municípios. Para ajudar no pagamento dos novos salários, o projeto atribui à União a responsabilidade de complementar 95% do piso salarial. Em decreto, o Executivo poderá fixar a quantidade máxima de agentes que poderão ser contratados com o recebimento do auxílio financeiro da União.
Da Redação – JJ
Com informações da Agência Senado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
Postar um comentário