7.10.2014

09/07/2014 Arnaldo Faria de Sá, cobra a PEC 300

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sem supervisão
Sessão: 194.4.54.OHora: 16h39Fase: CP
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁData: 09/07/2014


O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Sr. Presidente, eu queria pedir a V.Exa. uma oportunidade para fazer um registro, que acho importante.
O SR. PRESIDENTE (Chico Lopes) - Pois não.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (Bloco/PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Nós queremos também votar a PEC 300, aquela que trata da questão do piso salarial das polícias, que já deveria ter sido votada há muito tempo. Foi votado o primeiro turno e não foi votado o segundo turno. E a grande cobrança que a gente recebe de todos os policiais é que essa matéria seja votada.
Lá em São Paulo, inclusive, inventaram uma tal de Operação Delegada, para dar uma hora extra disfarçada, um bico ao policial. Nós não queremos isso não. Queremos o salário mesmo. Essa é a grande luta da nossa PEC 300.
Mando aqui um abraço ao Tenente Clóvis, pela sua luta por isso.
Queria também, na oportunidade, pedir que seja colocada em votação as 30 horas semanais do pessoal da Enfermagem, que deverá ter uma grande manifestação, na semana que vem, aqui em Brasília. E já há o apelo da Enfermagem de lembrar que continuemos a defender a vida: Não ao aborto! Sim à vida! Essa é uma grande luta também que nós estamos defendendo.
Espero que esta Casa, terminada essa malfadada Copa do Mundo, possa voltar a trabalhar, que é a nossa obrigação.
Obrigado, Sr. Presidente.
O Sr. Chico Lopes, nos termos do § 2º do art. 18 do Regimento Interno, deixa a cadeira da Presidência, que é ocupada pelo Sr. Luiz Couto, nos termos do § 2º do art. 18 do Regimento Interno.
Postar um comentário