7.21.2014

Começam obras de acessibilidade no Plenário da Câmara


Começam obras de acessibilidade no Plenário da Câmara

Até o início de outubro, sessões deliberativas serão realizadas no Auditório Nereu Ramos.
Laycer Tomaz / Câmara dos Deputados
Reforma do Plenário Ulysses Guimarães
Reforma está prevista para ser concluída em 6 de outubro.
Tiveram início nesta sexta-feira (18) as obras no Plenário Ulysses Guimarães, local onde são realizadas as sessões da Câmara dos Deputados, para garantir acessibilidade plena a todas as pessoas com deficiência. Entre outras medidas, a mesa onde fica o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves, será rebaixada em 33 centímetros, a fim de facilitar o acesso.
Até a conclusão da reforma, prevista para o início de outubro, as deliberações da Câmara serão realizadas do Auditório Nereu Ramos.
Nesta semana, Alves informou que a deputada Rosinha da Adefal (PTB-AL), que é cadeirante, deverá presidir a sessão inaugural do Plenário após as obras. “Faremos uma reforma nesta Casa, que espera há 14 anos, para dar mais acessibilidade às pessoas com deficiência. Esperamos voltar em outubro e que a deputada Rosinha possa falar com muito mais dignidade da tribuna desta Casa”, declarou o presidente.
Atualmente, a Câmara possui três deputados – Walter Tosta (PSD-MG) e Mara Gabrilli (PSDB-SP), além da própria Rosinha da Adefal – com dificuldades de locomoção que utilizam um elevador adaptado para acessar a tribuna e fazer pronunciamentos. As obras deverão permitir o acesso direto à tribuna e à Mesa Diretora sem a necessidade do elevador.
Da Redação - MO

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'
Postar um comentário