9.03.2014

02/09/2014 Discurso de Arnaldo Faria de Sá

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sem redação final
Sessão: 217.4.54.OHora: 18h40Fase: BC
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁData: 02/09/2014


O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Sr. Presidente, peço a palavra para uma questão de ordem.
O SR. PRESIDENTE (Simão Sessim) - Tem V.Exa. a palavra.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Questão de ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, eu aguardei a abertura da sessão e apresentei a V.Exa. o requerimento de inversão de pauta para a votação das PECs, entre elas a PEC 170, que trata da aposentadoria por invalidez. Portanto, eu queria garantir que esse requerimento fosse apreciado e pedir a V.Exa. autorização para fazer o encaminhamento dele.
Ainda que a sessão de hoje, na sua parte principal, tenha sido dedicada ao nosso Governador Eduardo Campos e ao Pedrinho Valadares, a partir de agora, nós estamos aqui para aquilo que fomos convocados: votar o PL nº 3.299,de 2008, que trata da questão do fator previdenciário; o PL 4.434, de 2008, que trata da questão da perda dos aposentados e pensionistas; a PEC 555. E queremos votar a PEC 170, pois é aquela que está dentro da previsibilidade, está na pauta. Nós queremos que ela passe à frente, porque, do contrário, nós chegaremos ao final deste ano sem votar essa PEC extremamente importante.
O SR. PRESIDENTE (Simão Sessim) - Deputado Arnaldo Faria de Sá, a sua questão de ordem estádeferida. V.Exa. terá o seu requerimento apreciado na hora certa; vai seguir a tramitação normal.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Obrigado, Sr. Presidente.
Postar um comentário