2.11.2015

10/02/2015 COMBRAMOS A VOTAÇÃO DO PL 4434/3299 E A PEC 555

Nosso pronunciamento de ontem, cobramos a votação das propostas dos nossos aposentados e pensionistas, cobramos ainda a PEC 555!

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ
Sem supervisão
Sessão: 008.1.55.O Hora: 16h36 Fase: GE
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ Data: 10/02/2015

O SR. PRESIDENTE (Júlio Cesar) - Concedo a palavra ao Deputado Arnaldo Faria de Sá, por 1 minuto, para abordar assunto de relevância.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (Bloco/PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Obrigado, Deputado Júlio Cesar. É um prazer participar da sessão sob sua Presidência. Os aposentados esperavam que, no início do ano de 2015, pudéssemos discutir matérias importantes a respeito de assuntos relativos à sua questão, como a alteração do maldito fator previdenciário, no Projeto n° 3299, de 2008; a recuperação das perdas, no Projeto de Lei nº 4.434; o fim da cobrança dos inativos, na PEC nº 555. A surpresa, na calada da noite, foi que, na mudança de ano, no dia 30 de dezembro, a Medida Provisória nº 664 veio a inviabilizar as pensões, reduzindo à metade seu valor, limitando o tempo e, de forma extremamente negativa, a situação das pessoas. A Presidente disse, durante a campanha, que não mexeria nisso nem que a vaca tossisse. E o pior é que a vaca tossiu, e prejudicando os trabalhadores. Vamos cobrar que essa medida provisória não seja aprovada aqui nesta Casa, Presidente Júlio Cesar.
Postar um comentário