3.27.2015

18/03/2015 DEPUTADO ARNALDO COBRA VOTAÇÃO DO PL 4434 2008

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ
Com redação final
Sessão: 036.1.55.O
Hora: 18h6
Fase: OD
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ
Data: 18/03/2015



O SR. PRESIDENTE (Eduardo Cunha) - Para falar a favor da matéria, Deputado Alberto Fraga.
O SR. ALBERTO FRAGA - Sr. Presidente, o Deputado Arnaldo Faria de Sá irá falar.
O SR. PRESIDENTE (Eduardo Cunha) - Com a palavra o Deputado Arnaldo Faria de Sá.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (Bloco/PTB-SP. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, eu queria lembrar um detalhe: este requerimento não prejudica em nada a questão relativa à votação do salário mínimo. Nós queremos garantir a votação. Esse requerimento de preferência é para a matéria seguinte à do salário mínimo. Está garantida a votação do projeto do salario mínimo. Desde a semana passada já havia um compromisso para votá-lo ontem. Vimos o que aconteceu: o Governo tentou obstar a votação, impedir que votássemos a questão do salário mínimo, utilizando a questão da empregada doméstica, que tinha apelo. Dava-se a impressão de que estávamos prejudicando a empregada doméstica. Já foi resolvida a questão da empregada doméstica, e hoje, novamente, tentam impedir a votação dos destaques da Comissão do Trabalho que possibilitam a aposentados e pensionistas terem um aumento real. Esse é o grande sonho, essa é a grande expectativa de todos eles. Nós não podemos continuar fazendo de conta que nos preocupamos com os aposentados e pensionistas. Temos que realmente demonstrar, através da digital de cada Parlamentar, se queremos ou não respeitar os aposentados e pensionistas.
Muitos dos que estão aqui certamente devem ter pai e mãe, e por eles devem pensar — a não ser aqueles que são filhos de chocadeira, que não devem ter pai nem mãe, e, portanto, não estão preocupados com essa situação. Os aposentados e pensionistas estão perdendo mais de 90% do valor real dos seus benefícios, sem contar a escalada inflacionária dos últimos meses.
Precisamos votar esta matéria e garantir aos aposentados e pensionistas, que aguardam, pelo Projeto de Lei nº 4.434, de 2008 — portanto, desde 2008 —, a possibilidade de terem a revisão e atualização dos seus benefícios. E esperaram em vão até agora.  A oportunidade que se abre é esta, neste momento. Esta é a única janela que temos para podermos votá-lo. Sabemos que o Governo sempre colocará obstáculos ao Projeto de Lei nº 4.434/08 e que não lhe dará a devida urgência.
Mas, regimentalmente, tem uma coisa importante: se essa votação for aprovada, nós iremos derrotar todo o kit obstrução que quer impedir a votação desses destaques. Então, além de estar defendendo os aposentados, essa votação de preferência garante, após o Item 1 — portanto, após a votação do salário mínimo —, que a gente derrote todo o kit obstrução. A partir daí, vamos ver a cara de quem quer defender o aposentado e a cara de quem quer se esconder atrás de um voto que não defende o aposentado e o pensionista. Pelo aposentado e pelo pensionista, parabéns, Deputado Mendonça Filho! É a oportunidade de mostrarmos, neste momento, quem está a favor e quem está contra o aposentado e o pensionista.
Sim à preferência do DEM.
 O SR. PRESIDENTE (Eduardo Cunha) - Calma! Ainda não há orientação. Como Líder, concedo a palavra ao Deputado Rubens Bueno, pelo PPS. Depois, eu chamo para a orientação.
O SR. JOSÉ GUIMARÃES - Sr. Presidente, estou inscrito para defender o requerimento.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - É só um e um! 
Postar um comentário